CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA E COMPOSTOS BIOATIVOS DE GOIABAS 'SÉCULO XXI' ENSACADOS COM TNT DE DIFERENTES CORES

Cristiane Brauer Zaicovski

Resumo


O cultivo das frutas deve abranger os cuidados referentes ao manejo e tratos culturais desde a implantação até a colheita. Este trabalho objetivou avaliar o ensacamento quanto a sua caracterização físico-química e compostos bioativos em goiabas de uma cultivar em pomar comercial. Após o raleio, os frutos com 35mm foram protegidos com sacos de TNT e colhidos em estádio de maturação. A caracterização físico-química em parte dos frutos foi realizada e o restante liofilizados e mantidos a -18°C, até o momento dos demais ensaios. O delineamento foi inteiramente casualizado, três repetições, quatro plantas da cultivar Século XXI não-ensacados e ensacados com sacos de TNT coloridos. Quanto à caracterização físico-química, foram analisados teores de sólidos solúveis, potencial hidrogeniônico, acidez titulável e relação SS/AT, e, quanto aos teores de compostos boativos, carotenoides, compostos fenólicos, antocianinas e ácido L-ascórbico. Os dados expressos em médias aritméticas e a diferença entre estas calculada mediante emprego de teste Duncan a 5%. Os resultados evidenciaram que o ensacamento não alteraram as características físico-químicas, porém quanto aos teores totais de antocianinas e carotenoides, sacos vermelho e preto, observou-se aumento significativo, quanto aos carotenoides, o que sugere que o TNT preto favoreceu microclima proporcionando um incremento deste bioativo.


Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIATION OF OFFICIAL AGRICULTURAL CHEMISTRY – AOAC. Official Methods of Analysis of AOAC International. Washington: AOAC International, 1997.

AZEVEDO, F. R.; NERE, D. R.; SANTOS, C. A. M.; MOURA, E. S.; AZEVEDO, R. Efeito do ensacamento sobre a incidência de moscas-das-frutas e na qualidade de goiabas. Arquivos do Instituto Biológico, v. 83, p. 1-8, 2016.

BORGES, R. T. O. Ensacamento de cachos de tomate visando ao controle das brocas-dos-frutos. 2018. 29 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia). Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia/MG, 2018.

COSTA, A.C.; RAMOS, J.D.; MENEZES, T.P.; LAREDO, R.R.; DUARTE, M.H. Quality of pitaya fruits submitted to field bagging. Revista Brasileira de Fruticultura, v.39, n.spe, 2017.

FILGUEIRAS, R. M. C. Tecido-não-tecido (TNT) para ensacamento de cachos visando controle de bloqueadores de frutos do tomateiro (Solanum lycorpersicum L.). 2016. 65 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia). Universidade Federal do Ceará, Fortaleza/CE, 2016.

FLORES, G.; DASTMALCHI, K.; WU, S. B.; WHALEN, K.; DABO, A. J.; REYNERTSON, K. A.; FORONJY, R. F.; D’ARMIENTO, J. M.; KENNELLY, E. J. Phenolic-rich extract from the Costa Rican guava (Psidium friedrichsthalianum) pulp with antioxidant and anti-inflammatory activity. Potential for COPD therapy. Food Chemistry, v. 141, p. 889-895, 2013.

FLORES, G.; WU, S. B.; NEGRIN, A.; KENNELLY, E. J. Chemical composition and antioxidant activity of seven cultivars of guava (Psidium guajava) fruits. Food Chemistry, v. 170, p. 327-335, 2015.

HONG, X.; WANG, J. Use of electronic nose and togue to track freshness of cherry tomatoes squeezed for juice consumption: comparision of different sensor fusion approaches. Food Bioprocess Technology, v. 8, p. 158-170, 2015.

LEES, D.H.; FRANCIS, F.J. Stardardization of pigment analyses in cranberries. Hortscience, v. 7, n. 1, p. 83-84, 1972.

LIU, T.; SONG, S.; YUAN, Y.; WU, D.; CHEN, M.; SUN, Q.; ZHANG, B.; XU, C.; CHEN, K. Improved peach peel color development by fruit bagging. Enhanced expression of anthocyanin biosynthetic and regulatory genes usinf white non-woven polypropylene as replacement for yellow paper. Scientia Horticulturae, v. 184, n. 5, p. 142-148, 2015.

LOGAN, F.J.; TAYLOR, M.C.; WILKINSON, S.R.; KAUR, H.; KELLY, J.M. Ther terminal step in vitamin C biosynthetic in Trypanosoma cruzi is mediated by a FMN-dependent galactonolactone oxidase. Biochemistry Journal, v.407, n.3, p.419-426, 2007.

MANICA, I.; ICUMA, I. M.; JUNQUEIRA, N. T. V.; SALVADOR, J. O.; MOREIRA, A.; MALAVOLTA, E. Fruticultura tropical 6: goiaba. Porto Alegre/RS: Cinco Continentes, 2000. 374 p.

MARTINAZZO, E. F. Ensacamento de frutos na incidência de pragas, doenças e na qualidade de pêssegos. 2017. 39 f. Trabalho de Conclusão de Curso II (Curso de Agronomia). Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Dois Vizinhos/PR, 2017.

MOURA, E. S.; AZEVEDO, R. R.; SANTOS, C. A. M.; NERE, D. R.; AZEVEDO, R. Controle de pragas da goiabeira (Psidium guajava) com ensacamento de frutos. Cadernos de Agroecologia, v. 6, n. 2, p. 1-5, 2011.

NUNES, M. Z.; BOFF, M. I. C.; SANTOS, R. S. S.; ROSA, J. M.; FRANCO, C. R. Fruticultura orgânica: avaliação de parâmetros para o ensacamento de frutos de pereira. Cadernos de Agroecologia, v. 6, n. 2, p. 1-4, 2011.

PASTORINI, P.L.; FILGUEIRAS, OSTER, R.M.C.; BARBOSA, M.G.; SILVEIRA, M.R.S.; PAIVA, L.G.G. Postharvest quality of tomato fruits bagged with nonwoven fabric (TNT). Revista Colombiana de Ciencias Hortícolas, v. 11, n. 1, p. 80-88, 2017.

RAGA, A.; GALDINO, L.T. Ensacamento de frutos – uma antiga e eficiente estratégia de manejo de pragas na horticultura. Biológico, v. 81, p. 1-16, 2019.

RAIOLA, A.; RIGANO, M.M.; CALAFIORE, R.; FRUSCIANTE, L.; BARONE, A. Enhancing the health-promoting effects of tomato fruits for biofortified food. Mediators of Inflammation, 139873, 2014. doi: 10.1155/2014/139873.

REZENDE, F. M.; ROSADO, D.; MOREIRA, F. A.; CARVALHO, W. R. S. Vias de síntese de metabolites secundários em plantas. In: HIDALGO, M.P. (Org.). VI Botânica no Inverno 2016. São Paulo/SP: Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo, Departamento de Botânica, 2016. p. 93-104.

RODRIGUEZ-AMAYA, D. B. A guide to carotenoids analysis in foods. Washington: ILSI Press, 1999. 64 p.

SAMUNI-BLANK, M.; IZHAKI, I.; DEARING, M. D.; GERCHMAN, Y.; TRABELCY, B.; LOTAN, A.; KARASOV, W. H.; ARAD, Z. Intraspecific directed deterrence by the mustard oil bomb in a desert plant. Current Biology, v. 22, n. 3, p. 1218-1220, 2012.

SANTOS, J. P.; WAMSER, A. F. Efeito do ensacamento de frutos sobre danos causados por fatores bióticos e abióticos em pomar orgânico de macieira. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 28, n. 2, p. 168-171, 2006.

SINGLETON, V. L.; ROSSI, J. A. Colorimetry of total phenolics with phosphomolybdic-phosphotungstic acid reagents. American Journal of Enology and Viticulture. v. 16, p. 144-158, 1965.

TEIXEIRA, R.; BOFF, M. I. C.; AMARANTE, C. V. T.; STEFFENS, C. A.; BOFF, P. Efeito do ensacamento dos frutos no controle de pragas e doenças e na qualidade e maturação de maçãs ‘Fiji Suprema’. Bragantina, v. 70, n. 3, p. 688-695, 2011.

TOKAIRIN, T. O.; CAPELLO, F. P.; SPÓSITO, M. B. Custo de produção de goiabas para mesa produzidas com e sem ensacamento. Revista Brasileira de Fruticultura, v.36, n. 3, p. 542-549, 2014.

VINCI, G.; ROT, F.; MELE, G. Ascorbic acid in fruits, a liquid chromatographic investigation. Food Chemistry, v. 53, p. 4183-4189, 1995.

WANG, L.; XU, K.; BEI, F.; GAO, F. S. Effects of bagging on the microenvironment, yield and quality of over-wintering tomato. Chinese Journal of Applied Ecology, v. 18, p. 837-842, 2007.

WHEELER, G. L.; JONES, M. A.; SMIRNOFF, N. The biosynthetic pathway of vitamin C in higher plants. Nature, v. 393. p. 365-363, 1998.




DOI: https://doi.org/10.29327/246831.23.2-11

Apontamentos

  • Não há apontamentos.