Avaliação do Crescimento Vegetativo de mudas de couve manteiga em substratos orgânicos alternativos

Luana Nunes Centeno, Samanta Tolentino Cecconello, Jocelito Saccol de Sá

Resumo


Considerando a importância socioeconômica da agricultura orgânica e o crescente uso de substratos na produção de hortaliças, o presente trabalho teve como objetivo, avaliar o desenvolvimento vegetativo de mudas de couve cv. manteiga da Geórgia cultivadas em substratos orgânicos alternativos e cultivadas em substrato comercial. As mudas de couve manteiga foram cultivadas em bandejas de poliestireno expandindo de 128 células. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com quatro tratamentos e cinco repetições, sendo que cada bandeja continha os quatro tratamentos estudados. Os tratamentos utilizados foram: T0 (Substrato Comercial), T1 (mistura 50% Lodo ETE + 50% cinza da casca de arroz), T2 (Tojo) e T3 (Vermicomposto de frutas, legumes e verduras - FLV). Foram avaliadas as variáveis: altura média das mudas (cm), número de folhas, massa da matéria fresca da parte área (g) e massa da matéria seca da parte aérea (g).Concluiu-se que o substrato vermicomposto de frutas, legumes e vegetais apresentou resultados semelhantes em relação aos obtidos com o substrato comercial e ambos proporcionaram um desenvolvimento vegetativo significativamente superior em relação ao uso de tojo (Ulex europaues L.) e ao da mistura 50% lodo ETE + 50% cinza da casca de arroz na produção de mudas de couve cv. manteiga da Geórgia.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »